5e Alancia - Criação de Itens  

Posted by Diego Erik in ,

Criação de Itens

Criação de itens funciona similar ao processo de criação de itens mágicos apresentado no Livro do Mestre. Para criar um item específico o personagem precisa conhecer o processo, ser proficiente na ferramenta apropriada, e possuir a ferramenta ou meios de trabalho necessários. Ele então gasta metade do custo do item em componentes materiais apropriados, e progride 25po por dia, até alcançar o valor do item. É assumido que o personagem trabalha 8 horas por dia durante descanso e viagem em um dia de aventura típico; caso não esteja viajando, possua um workshop básico e ajudantes, ele progride 50po por dia. Personagens adicionais podem trabalhar juntos para progredir mais rápido; cada artesão que atenda os pré-requisitos adiciona +25po por dia, a um limite de artesãos determinado pelo mestre.


Receitas
Para criar um item superior é necessário conhecer sua receita e processo. Essas receitas são conseguidas durante a história, e normalmente não estão à venda. Para propósito de tesouro assuma que uma receita custa 5x o valor do item superior. Um personagem pode aprender receitas de diversas formas de acordo com o mestre, mas os mais normais são possuindo a receita física ou memorizando o conhecimento:
Receita Física: Qualquer um que possuir a receita e estuda-la consegue construir o item enquanto possuí-la.
Memorizando: Um personagem pode ser ensinado por outro mestre ou memorizar o conhecimento de uma receita. Por via de regra, para aprender uma receita o personagem faz um processo similar a criar um item, gastando componentes e treinando até alcançar o valor da receita. Após esse processo ele tem a receita memorizada, e pode criar itens sem ela ou mesmo repassar esse conhecimento.


Componentes
Criar itens exige matéria-prima, componentes que devem ser utilizados para criar o item. Algumas receitas exigem que o personagem utilize componentes raros em sua criação. Outras podem precisar de componentes ou condições de criação únicas, como ser criado em uma forja de lava ou exigir a pele de uma fera única. Dessa forma Componentes são divididos em três grupos, Comuns, Raros e Específicos.
Componentes Comuns: Componentes comuns são a matéria-prima básica, representam desde minério ao custo para se alugar uma forja numa cidade. O personagem simplesmente deduz um valor de tesouro igual à ½ o custo do item, representando adquirir e utilizar esses materiais.
Componentes Raros: Componentes raros são matéria-prima específica, mais difícil de ser encontrada mas não exatamente única. Esse tipo de componente tende a ser valioso e por isso não costuma ser encontrado simplesmente à venda. Cada receita indica quantos Componentes Raros são consumidos pelo processo. Componentes Raros podem ser adquiridos de formas diversas, de acordo com o processo e com o mestre, mas por via de regra quando encontrados em mercado aberto seus preços tendem ao exorbitante e absurdo: 50po ou mais não é incomum. Não é preciso anotar os Componentes Raros específicos pois eles são uma abstração: Assume-se que personagens trocam e acessam Componentes Raros entre aqueles hábeis nas artes da criação, desde que tenham acesso a uma cidade.
Componentes Específicos: Algumas receitas exigem componentes específicos que não podem ser substituídos. Nem todos eles são raros, mas alguns são extremamente raros. Exemplos incluem desde 25po em pó de prata ao coração de um elemental da tempestade. Esse tipo de componente precisa ser anotado em separado, e a não ser que sejam comuns (como por exemplo a prata mencionada) normalmente não são encontrados à venda.


Coleta de Componentes
Algumas profissões permitem que o personagem colete componentes com seu trabalho. Caso isso seja possível, use as seguintes regras. Coleta é uma nova Ação de Descanso, e também pode ser uma Ação de Viagem caso o mestre considere apropriado. O personagem faz um teste de perícia apropriada para a coleta (normalmente Sobrevivência, mas possivelmente outras perícias, como Atletismo ou Natureza, mas normalmente não testes de ferramentas). Similar à vasculhar por comida, a CD para esse teste é variada: 10 para localizações com abundância do recurso, 15 para escassez e 20 para escassez extrema. Caso passe no teste o personagem consegue matéria prima básica igual a 1d6+SAB po, e caso passe por 5 ou mais consegue também 1d3 Componentes Raros. Componentes Específicos nunca são conseguidos com um simples teste, e sim são questões da história.


Adquirindo Proficiência em Ferramentas e Similares
Um personagem pode se dedicar a aprender a utilizar novas ferramentas, idiomas, jogos, veículos e instrumentos musicais de forma similar à criação de itens. Desde que ele possua alguém para ensiná-lo o processo é similar à construir um item de 1000po; o personagem gasta 500po representando aulas e matéria prima, e progride 25po por dia em que for ensinado (levando assim 40 dias de treinamento para aprender). Normalmente só é possível aprender durante descanso em regiões civilizadas e com um professor, mas o mestre pode fazer exceções.

This entry was posted on quinta-feira, março 22, 2018 at 12:46 and is filed under , . You can follow any responses to this entry through the comments feed .

0 comentários

Postar um comentário