Códice Marcial  

Posted by Diego Erik in

Capítulo 1 – Estilos Marciais


Os estilos marciais são técnicas de combate especializadas, que se separam em escolas de pensamento. Um estilo possui Manobras e Posições. Manobras podem ser Golpes, Contragolpes ou Melhoramentos. Para iniciar uma manobra ou posição, você precisa estar apto a se mover. Você não precisa estar apto a falar. Você inicia uma manobra fazendo a ação de iniciação especificada.

Golpes: Golpes geralmente envolvem um ataque. A não ser que listados o contrário, são usados com uma ação padrão.
Contragolpes: Contragolpes são sempre usados com ações imediatas. Cada um indica as condições em que pode ser usado.
Melhoramentos: Melhoramentos, a não ser que listados o contrário, são usados com uma ação rápida.
Posições: Posições possuem efeitos passivos, e permanecem ativas mesmo fora de combate. Mudar de posição é uma ação rápida.

Resistência: Algumas manobras garantem testes de resistência. Qualquer teste de resistência é calculado com 10 + nível da manobra + atributo chave da perícia associada à escola.

Habilidades Extraordinárias e Sobrenaturais: Manobras e posições marciais nunca são magias ou habilidades similares à magia. A não ser que a descrição de uma manobra ou posição específica diga o contrário, trate-a como uma habilidade extraordinária. Assim, essas habilidades funcionam normalmente em uma área anti-magia ou em uma área de magia morta. Uma manobra ou posição não pode ser dissipada nem pode ser anulada via contra-mágica, e iniciar uma manobra ou posição não provoca ataques de oportunidade. Se uma manobra for inteiramente mágica ou faz uso de uma fonte de poder sobrenatural, fica especificado que ela é uma habilidade sobrenatural em sua descrição. Nesse caso, a manobra obedece a todas as regras padrão para habilidades sobrenaturais.

Detectando Manobras Marciais: A maioria das manobras não cria efeitos persistentes ou duradouros, e os resultados são óbvios para qualquer observador. No entanto, identificar uma manobra, posição ou disciplina específica requer a perícia Conhecimento Marcial.

Múltiplos Efeitos: Manobras e posições marciais geralmente funcionam como estão descritas, não importa quantos outros poderes, magias ou efeitos mágicos estejam operando na mesma área ou no mesmo alvo. Quando uma manobra ou posição tiver um efeito específico em outras manobras, poderes ou magias, sua descrição explicará o efeito. A maioria dos adeptos marciais pode usar somente uma posição de cada vez, mas alguns adeptos de nível alto podem ser capazes de usar duas posições de cada vez.


Adeptos Marciais


Todo grupo de manobras pertence a uma disciplina marcial. As manobras numa disciplina são ligadas sutilmente por efeitos comuns, filosofias ou funções. Assim como os nomes das manobras, os nomes das disciplinas marciais variam muito de um local para outro. De fato, o termo disciplina não é usado universalmente. Disciplinas podem ser conhecidas como escolas, tradições, filosofias, regimentos, ensinos, caminhos ou estilos.

Cada disciplina é ligada a uma perícia que pode ser usada na execução de algumas manobras, e cuja qual o adepto marcial precisa conhecer a fim de poder aprender essas manobras. Além disso, várias armas são associadas à filosofia ou manobras de diferentes disciplinas. Essas armas são necessárias para uso das manobras. É possível aprender a utilizar as armas associadas de uma disciplina marcial como um Grupo de Armas, caso o personagem seja um adepto marcial.

Para ser um adepto marcial, um personagem desiste de todos os seus talentos normalmente ganhos aos níveis ímpares. No lugar disso, ele aprende uma escola a qual seja treinado na perícia e pelo menos uma das armas.

Um adepto marcial conhece uma manobra de cada nível que é capaz de usar, e mais uma ao BBA 1, 6, 11 e 16, que pode usar para aprender qualquer manobra de qualquer nível que possa usar, menos do nível mais alto (com exceção óbvia do nível 1). Além das manobras, o adepto marcial aprende gratuitamente todas as posições marciais. Ao subir de nível, o adepto marcial pode mudar todas as manobras que conhece por outras.

Um adepto marcial começa podendo deixar preparadas duas manobras marciais, com uma garantida ao começo do combate. Ao atingir o 3° nível, ele pode preparar três manobras e é garantido duas. Ele passa a preparar 4 manobras ao nível 6, 5 ao 9, 6 ao 12, 7 ao 15 e, finalmente, 8 ao 18. O adepto marcial não pode escolher deixar menos manobras preparadas do que seu máximo. Reorganizar quais manobras ficam preparadas e quais não exige 1 minuto de concentração, fora de combate.

This entry was posted on terça-feira, agosto 16, 2011 at 10:13 and is filed under . You can follow any responses to this entry through the comments feed .

0 comentários

Postar um comentário