Faychell – o xadrez das fadas  

Posted by raphael coradin in

Faychell – o xadrez das fadas





Faychell é principalmente jogado pela nobre; o jogo contem peças animadas.  Apesar dos plebeus jogarem uma versão falsa do Faychell na qual as peças são inanimadas, uma punição comum  aplicada pelos nobres em plebeus é ser usado como peça viva de Faychell.

O jogo possui  16 peças , seus movimentos podem ser lineares ou diagonais , o dano varia conforme a moral de cada peça, na versão de plebeus é jogado um numero de dados de seis lados  igual ao dano Maximo da peça, os dados que caírem de 4 para cima contam como dano.


Regras
O jogo possui  16 peças , seus movimentos podem ser lineares ou diagonais , o dano varia conforme a moral de cada peça, na versão de plebeus é jogado um numero de dados de seis lados  igual ao dano Maximo da peça, os dados que caírem de 4 para cima contam como dano.
Iniciando o jogo: no inicio do jogo a tropa mais bem motivada pelo discurso iniciam o jogo,na versão para plebeus isso é representado pelo jogador que conseguir o maior resultado no dado de seis lados.
Moral: tropas bem motivadas claramente lutam melhor, na versão do jogo para plebeus isso conta como +2  no resultado final do dado para tropas heroicamente motivadas,+1 para tropas bem motivadas, 0 para tropas medianamente motivadas,  -1 para tropas desmotivas, e -2 para tropas  devastadas.

Trods: os trods podem ser usado uma vez, ao usar um trod a peça escolhida se teletransporta para um espaço vazio  correspondente a cor do quadrado em que o trod se encontra.
A distancia: a peça consegue atacar até 2 casas para frente, algumas peças como o arqueiro e o mago atacam apenas corpo a corpo e quando corpo a corpo com outra peça devem  desengajar da peça adversária:

Ataque por trás: o ângulo das peças é relevante no sentido que a peça que se encontra de costa em relação a um inimigo leva dano total automaticamente, porem se essa estratégia for  usada com frequência.

Perca de tropas: quando as peças veem seus amigos e companheiros de batalha morrer aos montes elas perdem moral, na versão do jogo para plebeus a cada 3 peças de vantagem  o exercito rival  perde 1 de moral, ou cada vez que um dos cavaleiros morre se perde 1 de moral.

Turnos
Movimento: o jogador pode mover  até três diferentes peças.
Ataque: o jogador pode atacar até duas vezes com diferentes peças, todas elas podem atacar em diagonal com exceção das peças que atacam a distancia.

Peças e suas movimentações
8 guardiões- tem 1 de vida, causa até 1  de dano,  anda 1 casas linearmente.
2 arqueiros- tem 1 de vida, causa  até 1 de dano  distancia, anda 2 casas em diagonal.
2 escudeiros- tem 3 de vida, causa  até 1 de dano, anda 2 casas linearmente .
2 cavaleiros – tem 2 de vida, causa até 2 de dano, anda 3 casas em diagonal.
1 mago – tem 1 de vida, causa  1 a 2 de dano a distancia ,anda 1 casa linearmente ou em diagonal.
1 rainha ou rei-  4 de vida, causa 1 de dano a distancia ou corpo a corpo, anda 1 casa linearmente ou diagonal.


Dicas
Mantenha suas tropas bem alimentadas: Guardiões se contentam com comidas simples como farelo de pão,arqueiros geralmente preferem grãos , cavaleiros gostam muito de frutas, magos não precisam comer mas não negam bebidas enquanto o rei ou rainha preferem comidas mais caras como pequenos pedaços de queijos, carnes e vinho. Na versão de plebeus isso é representado pela comida trazida por cada participante para compartilhar entre observadores e jogadores.

Motive suas tropas: As tropas adoram discursos inflamados sobre gloria e  vitorias, lembrasse sempre de fale-los pelo menos uma vez  a cada batalha.

Enterre seus mortos: lembre que cada peça possui uma própria historia e cada uma delas merece um enterro digno, pelo menos representativo, na versão de plebeus enterrar os mortos leva um turno de movimento inteiro e quando existem três ou mais mortos no campo eles as pelas perdem 1 de moral.

Se vista de acordo: um verdadeiro general se veste como um general, por tanto estar pomposamente vestido sempre ajudara para moral das tropas.

This entry was posted on segunda-feira, maio 23, 2016 at 20:32 and is filed under . You can follow any responses to this entry through the comments feed .

1 comentários

Hahaha, muito bom mesmo!

10 de junho de 2016 23:40

Postar um comentário